Google+ Followers

quinta-feira, 11 de abril de 2013

O livro do Diabo





O livro do Diabo

Um arqueólogo americano fazia escavações em Jerusalém á procura de relíquias antigas. Porém, ele acaba encontrando soterrado, um livro velho de capa estranha, onde um símbolo de uma caveira, era destacado frontalmente. Ao ler as primeiras palavras do livro misterioso, os animais e plantas que estavam ao seu redor, morreram repentinamente, assustando o nobre homem. O livro foi entregue ao Vaticano, pois naquelas malditas páginas, mencionava o nome de Jesus Cristo como um falso profeta, conspirado por Satanás. Afirmando ainda que o verdadeiro senhor, era o Diabo, líder das trevas e da luz, criador de todas as coisas.
E o papa conversa com o bispo da igreja:
- Se o mundo ficar sabendo dessas coisas, será o fim do Cristianismo!
- Mas quem garante que o que está escrito ali é realmente verdade?
Houve uma grande polêmica em Roma, até descobrirem que o material usado na capa do livro, era de couro humano, provavelmente de Judas, que de acordo com a escritura, foi um grande herói da humanidade. Ninguém percebia, mas o propósito daquele livro, era competir com a bíblia sagrada de Deus, contrariando todos os ensinamentos de Cristo, até alcançar o objetivo de mandar todos para o inferno para arder  no mar de fogo e enxofre. A informação da existência do livro foi vazada para o mundo, que entrou em um verdadeiro caos. O planeta ficou divido entre o bem e o mal, eis uma macabra mensagem de uma página:
 " Quem disser que é digno de viver para sempre, deve lembrar-se do número 666, que significam as três vitórias que prosperam sua alma. "
Era muito fácil manipular as mentes do ser humano, com apenas uma palavra. Foram feitas milhares de cópias dessa obra para distribuir as pessoas do mundo inteiro. O arqueólogo que achou o livro roubou do museu e retornou para jerusalém para enterrar essa história de uma vez por todas. Ao chegar no local anoite, avista um bode á sua frente berrando muito alto. Ao se aproximar do estranho animal, ele começou a se contorcer agonizantemente, torcendo todos os ossos de suas patas, e gritando de dor e sofrimento. Reparou que o livro em suas mãos escorria sangue e que o bode não parava de ser torturado em sua presença , sendo obrigado a ver o bicho ser devorado vivo por uma entidade maligna invisível.
O homem ia rasgar o maldito livro, mas uma força sobrenatural o impediu de fazer isso, quebrando todos os ossos do seu corpo e dilacerando sua carne em questão de segundos. No dia seguinte, o livro estava quase soterrado na areia, mas um corvo sinistro agarrao objeto e sobrevoa o oceano atrás de outras vítimas, pois essa lenda está longe de acabar...

Alex Astro


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O LIVRO NEGRO DO CRISTIANISMO

O LIVRO NEGRO DO CRISTIANISMO
PARA LER O LIVRO CLICK NA IMAGEM